quinta-feira, 10 de maio de 2012

Grade Proposta



Devemos repensar o motivo de termos uma divisão de matérias, as chamadas grades curriculares.

Elas se enquadram com o perfil de nossa atual sociedade? Com as exigências de nosso tempo? São flexíveis? As disciplinas "conversam" entre si? Quais são suas sugestões?

Meditando sobre o formato e a distribuição das grades curriculares nas escolas nos dias de hoje, cheguei a uma grade que considero bem abrangente e que pode ser trabalhada de uma maneira bem interessante:
  • Cultura, História e Artes (História e Educação Artística) - a idéia é mixar o estuda da história das sociedades com a produção artística de cada época, desde a pré-história com seus desenhos rupestres até a sociedade contemporânea com a arte pós moderna;
  • Ciências Aplicadas (Matemática, Física, Química e Biologia)  - o termo Aplicadas é o ponto principal no que diz respeito a nova forma de ensinar ciências exatas e biológicas. Dessa forma, podemos mostrar aos alunos onde aplicaremos uma série de conceitos obtidos em aula e abriremos espaço para discutirmos a diferença da teoria e da prática;
  • Povos e Terras (Geografia e Sociologia) - agregamos muito mais valor no estudo da Geografia quando adicionamos o elemento humano. Isso é evidente, porém, essa visão deve estar estritamente relacionada para o entendimento dos alunos;
  • Linguagem e Expressão (Português, Inglês e Espanhol) - o estudo das línguas se torna muito mais intuitivo e valorizado pelos alunos quanto os envolvemos no processo histórico e cultural de cada povo, buscando as expressões artísticas da literatura, música, etc. para dar maior enfase ao valor da linguagem.

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Muito obrigado! Vamos juntos construir um novo modelo para a educação pública em nosso país.

      Excluir